quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL DO PARANÁ FAZ RESUMO PERFEITO DO MOMENTO ATUAL DAS POLÍCIAS NO BRASIL



Estamos transformando a polícia em uma instituição de covardes. Hoje, poucos policiais têm o ímpeto de agir imediatamente diante de uma injustiça ou de uma situação delituosa. Poucos têm a vontade de investigar e se expor às ruas e a seus conflitos, poucos têm a inconsequência de ir, quando a prudência normal e comum recomendam não ir.

A polícia não é uma profissão de certezas, de escolhas fáceis e certas, de ausência de riscos, de legalidades simples dos bancos acadêmicos. Polícia é risco e incerteza 24 horas do dia. Não existe a possibilidade de esperar um criminoso sacar a arma e apontá-la para você antes de você decidir atirar. Não se pode pedir sempre um mandado de busca para entrar em uma casa. Não existe sempre situações claras de risco e de flagrante delito que lhe permitam saber 100% do sucesso de suas escolhas e suas ações. Nas ruas é sacar a arma antes e atirar, entrar sem pensar para surpreender e não ser surpreendido. A polícia não é uma profissão de certezas e legalismo acadêmico. Não podemos transformar nossos policiais em pessoas acuadas e com medo de agir, com medo de responder por crimes, por abusos, por excessos.

Claro que não se pode permitir tudo, autorizar desmandos, torturas, abusos de autoridade. Mas não se pode exigir certezas e antecipações que os imprevistos das ruas não permitem. Não podemos colocar nossos policiais em uma situação de desconfiança prévia em relação aos seus atos que os imobilizem, não podemos exigir garantias que não podemos dar aos nossos policiais. Prejulgando ações policiais como de má-fé, transformamos nossos protetores em covardes que têm medo da decisão, que preferem não sair às ruas para investigar e prender. Hoje na polícia é mais cômodo não fazer nada, pois aí você evita os riscos das decisões incertas e os procedimentos que delas advém. Ocorre que isso é o fim da polícia, de nossos cães pastores, de nossos protetores.

Desgastes, equívocos e erros sempre existirão na atividade policial; mas nenhum erro será maior para a sociedade do que transformar a polícia em um lugar de covardes burocratas, que se escondem atrás de procedimentos e regras acabadas que não resolvem o imediatismo do pavor de um crime acontecendo.

Precisamos de policiais um pouco inconsequentes – pois ninguém em um raciocínio lógico e normal vai enfrentar criminosos que não tem nada a perder ou a ganhar - que não tenham medo da morte, que anseiem pelo confronto, que tenham coragem de ir quando a prudência mandar não ir. Não existe o discurso do herói, do fazer o bem para a sociedade, do transformar o mundo em lugar melhor quando apontam uma arma para você. Ninguém vai pra rua quando o confronto é iminente e a derrota certa, seja morrendo ou voltando vivo para casa. Logo nossa polícia será formada apenas por covardes. Logo o caos habitará.


Rafael Vianna
Mestre em Ciências Jurídico-Criminais pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, atualmente é Delegado de Polícia no Paraná, assessor civil da SESP, entre outras atribuições.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

ARMAMENTO E MUNIÇÃO "APREENDIDO" E APRESENTADO NA OCORRÊNCIA É DE USO DIÁRIO DOS POLICIAIS MILITARES DE JANDUÍS

Índice
Retirada de blog policial

Uma fotografia apresentada em um dos vários portais e blogs policiais do Rio Grande do Norte chama atenção devido ao conteúdo das imagens, trata-se de uma pistola calibre .40, alguns carregadores e várias munições de fuzil 5,56.

Acontece que esse material apreendido e apresentado, faz parte da carga de armas e munições do próprio Destacamento da PM de Janduís, os quais servem aos Policiais Militares e também serviu à Polícia Civil quando as instituições atuaram juntas diversas vezes.

Não se sabe ao certo o motivo da apresentação desse material à imprensa, pois segundo os PMs da região, estavam todas regularmente cauteladas e fazendo parte do arsenal da PM na região do médio-oeste.


Quanto a prisão do Cabo Silva, a notícia pegou de surpresa todos os que o conhecem, pois com 26 anos de corporação atuando em diversas cidades da região central do RN, nunca tinha sido suspeito de tal prática e foi um dos poucos Comandantes do DPM de Janduís que intensificou o policiamento na cidade e reduziu muito os índices de assaltos e homicídios na complicada região.

POLICIAIS MILITARES E AMIGOS ENVIAM MENSAGENS DE APOIO AO CABO SILVA

Já trabalhei com o Cabo Silva e até o momento nunca soube de qualquer envolvimento dele com drogas ou pistolagem. Deixo aqui o meu depoimento!!! (CAPITÃO HENRIQUE).

Já participei de várias operações policiais com o Cb Silva e sempre o admirei pelo seu empenho e dedicação e até que me provem o contrário, ele pra mim vai continuar sendo digno de elogios. (SARGENTO ALVES).

Homem de caráter, justo, que combate o tráfico, os assaltantes, a criminalidade com o rigor da lei e nas condições precárias ainda assim combate sem medo, com coragem, operacionalidade e muita vibração, eu repúdio essa prisão e se depender de mim darei total força a dar depoimento em favor do CABO Silva, grande profissional. Injustiça que fizeram com ele, força Silva, nós veremos tua vitória em nome de Jesus.(SD FELIX).

Já fiz diversas matérias do Cb. Silva em combate a criminalidade na região e até onde eu sei, ele realizava um excelente trabalho e todos são inocentes até que se prove o contrário. (GIDEL ICÉM CARAÚBAS).

Homem que junto c seus colegas mesmo com seus salários defasados honra sua classe. E trabalham c amor. Injustiça mas Deus sabe todas as coisas. Cabo Silva homem honesto e digno de seu trabalho. (GEINA BRITO).

Cb silva é um profissionalismo completo respeitado por muitas família. Um excelente ser humano. Respeito-o e tenho a maior admiração por sua pessoa. Tudo vai da certo se deus quiser.(LÁZARO).

Cb era um dos poucos q gostava de trabalhar, mostrar serviço, mesmo sem nenhum apoio e estrutura... (SD NICODEMUS).

Tive alguns momentos com o CB Silva, mas ainda não tive a honra de trabalhar ao lado dele, nem sob o comando dele, o que sei sobre ele é o que todos sabem bem, um profissional competente e um cidadão compromissado, mesmo em poucas oportunidades, ele sempre me disciplinou a ser um policial melhor, se tudo correr bem teremos ele aqui conosco, não mais como cabo e sim como sargento, promoção mais que merecida, fique registrado.(SD ILDONIO).

Quando era comandante em Angicos, era o único policial que podia contar tanto na área operacional, que muitas vezes de folga, sempre aparecia como voluntário para combater a bandidagem, desconheço até então esse desvio de conduta do Cb Silva. (CAPITÃO ANDRELINO).

Meu amigo Cb Silva força ai parceiro. Nós sabemos o bom policial militar que o senhor é. E lembre se a justiça de Deus é maior. Nada e nem ninguém vai tirar seus bons serviços prestados a nossa ingrata sociedade.(PM PESSOA).


Deixo aqui minha solidariedade ao Cabo Silva, um homem íntegro e de valores invejáveis, Deus da as missões mais impossíveis para os seus melhores guerreiros. (RAQUEL DANTAS).

“Se forem apreender drogas dentro de viaturas vão encontrar pelo simples motivo da PM fazer atenções e ter que passar o dia todo com a droga e o preso andando de cidade em cidade sem ter a quem entregar”.

O comandante geral da PM, Francisco Araújo, disse que exonerou o Cabo Silva do comandante do destacamento da PM de Janduís.
O delegado Sandro Régis, pediu cautela. Disse que a princípio destaca que apenas está investigando os casos e que só deve levar o caso a diante quando da conclusão das investigações, confirmando ou não o envolvimento do policial.

Fonte: Focoelho

domingo, 30 de novembro de 2014

FORAGIDO DA JUSTIÇA É PRESO EM ASSÚ QUANDO TENTAVA ASSALTAR UM POSTO DE COMBUSTÍVEL NA COHAB


Um foragido da Justiça foi preso ontem a noite ao tentar assaltar um posto de combustível na cidade de Assú. 

De acordo com a Polícia Militar, o acusado MOISÉS PINHEIRO DE ARAÚJO, nome apresentado pelo mesmo, é foragido da Penitenciária de Parnamirim e cumpria pena por homicídio. Ainda de acordo com a PM, Moisés armado com uma faca, tentou tomar o dinheiro de um dos frentistas do estabelecimento no bairro da Cohab e um Policial Militar que abastecia seu veículo presenciou o fato e o rendeu até a chegada das viaturas. 

O acusado foi levado à DP Regional de Mossoró e ficará a disposição da Justiça por mais esse crime.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

POPULAÇÃO RECEBE POLICIAIS MILITARES SOB APLAUSOS EM MAJOR SALES



População recebe Policiais Militares com palmas após confronto e morte de um dos assassinos do Soldado Alexsandro na cidade de Major Sales/RN.

Vários PMs mesmo de folga estão na caçada ao resto do bando, que encontra-se na mata. Os bandidos entraram na agencia dos correios e anunciaram o roubo, ao identificar um dos clientes como PM, iniciou o tiroteio. O Soldado Alexandro foi atingido quatro vezes e veio a óbito nessa madrugada.

Desde a hora do fato, várias viaturas estão empenhadas em localizar os assaltantes e um deles acabou morto ao se deparar com o GTO de Alexandria. Segundo a Polícia Militar a busca só encerra quando o ultimo bandido for pego.

GTO DE ALEXANDRIA CAÇA E MATA LATROCIDA QUE ATIROU EM UM SOLDADO NA CIDADE DE MAJOR SALES-RN

GTO de Alexandria sob o comando do Capitão Brilhante acaba de entrar em confronto com os elementos que assaltaram os correios de Major Sales e na ação mataram um PM.





Bandidos que assaltaram a agência dos Correios da cidade de Major Sales, na tarde de ontem 11/12, e que também vitimou fatalmente o Soldado da Polícia Militar Raimundo Alexsandro de Oliveira, entraram em confronto hoje pela manhã com o GTO de Alexandria comandado pelo Capitão Brilhante, e na troca de tiros, um dos elementos foi atingido vindo a óbito quando era socorrido pelos policiais. 

O confronto se deu na Zona Rural de Major Sales, mas precisamente nas proximidades do parque de vaquejada Mangueiral.

Várias guarnições ainda se encontram no cerco na busca de um segundo elemento, um novo confronto pode vir a acontecer a qualquer momento. O elemento morto ainda não foi identificado.

Fonte: Sentinelas do Apodí

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Custos com a violência no Brasil chegaram a R$ 258 bilhões em 2013


A MATÉRIA DO G1.COM INFELIZMENTE NÃO MOSTRA QUANTOS POLICIAIS BRASILEIROS FORAM MORTOS EM RELAÇÃO AOS ESTADOS UNIDOS DURANTE ESSE PERÍODO, UM RESPEITADO JUIZ DE DIREITO DO RIO GRANDE DO NORTE, EM SUA PÁGINA DO FACEBOOK,  QUESTIONA: POR QUAL MOTIVO TODA A VERDADE NÃO INTERESSA AO JORNALISMO BRASILEIRO?
Vejam a matéria na íntegra 
Os custos com a violência no Brasil chegaram a R$ 258 bilhões no ano passado – quase 6% do PIB, que é a soma de todas as riquezas que o país produz em um ano. Os números são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que lança nesta segunda-feira (10) o anuário da violência, segundo o Bom Dia Brasil.
O anuário mostra que, em 2013, 2.212 pessoas foram mortas pela polícia em todo o país. Foram seis mortes por dia em confrontos. A comparação com a polícia dos Estados Unidos mostra uma explosão no número de casos. Nos últimos cinco anos, as polícias brasileiras mataram 11.197 pessoas, enquanto a dos EUA levou 30 anos para atingir quase o mesmo número de mortes: 11.090.
Policiais também foram vítimas. Em 2013, 490 foram mortos no país – 75% estavam fora de serviço. 11% dos homicídios do mundo aconteceram no Brasil. A violência tem um custo alto para toda a sociedade.
“Dos 258 bilhões gastos com os custos da segurança pública e da violência no Brasil, só R$ 65 bilhões são gastos com políticas públicas de segurança e com o sistema prisional. Isso significa que a gente gasta três vezes mais com os efeitos perversos da violência e da segurança privada do que com políticas públicas voltadas ao enfrentamento do crime e da violência”, diz Samira Bueno, diretora do Fórum.
A secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, diz que a violência só vai cair se houver integração dos poderes. “A solução está em aproximarmos o judiciário da política de segurança pública e termos o respaldo da ressocialização dentro do sistema prisional”, afirma.
No anuário também existe um levantamento feito em oito estados feito pela Fundação Getulio Vargas. Ele mostrou que 57% dos entrevistados acreditam ser possível desobedecer as leis. Pior: 81% dizem que é sempre possível “dar um jeitinho” para não cumprir as leis.
A análise dos especialistas é de que esses dados são fortes sinais de que a população convive com a sensação de impunidade. E quanto maior a renda, maior a sensação de impunidade: é em Brasília que está a maior parte das pessoas que acham que é possível “dar um jeitinho".

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

FAMILIARES DO ASSUENSE MORTO EM OPERAÇÃO POLICIAL EM NATAL DIZEM QUE ELE ESTAVA NO LUGAR ERRADO E NA HORA ERRADA

Em entrevista que cedeu a reportagem do programa Caderno de Ocorrências de hoje 03/11 segunda- feira, Clebiano Nogueira, irmão do taxista assuense Kleber Nogueira que está entre os mortos durante a realização de uma operação da Polícia Militar na tarde da última quinta- feira no bairro das Quintas em Natal, disse que seu irmão não tinha envolvimento com nada ilícito e era trabalhador.

Fonte: Focoelho

Como foi a ocorrência: Segundo informações da imprensa, o BPChoque realizava uma operação no Bairro das Quintas em Natal quando tentou cercar os suspeitos, houve troca de tiros e quatro acusados reagiram e tentaram fugir pelo manguezal do Rio Potengi, porém foram baleados e morreram.

Várias armas e drogas foram apreendidas e o resgate dos feridos só foi possível graças ao apoio aéreo do helicóptero da Polícia.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

POLÍCIA MILITAR PRENDE MAIS UMA VEZ O INDIVÍDUO CONHECIDO POR "NEGUINHO DA PAMONHA" COM DROGAS E UMA ARMA


Na noite de ontem 26/10 por volta das 19:30h policiais em patrulhamento conseguiram prender Alysson Alves de Souza, vulgo neguinho da pamonha, residente a rua Reinaldo Joaquim de Queiroz no bairro Parati 2000 em Assú.
A prisão foi efetuada pelo próprio Comandante do 10º BPM e Sub Comandante, com apoio do GTO, NORE e Força Tática.

Com Neguinho foram encontrados, drogas, um revolver calibre 38 e duzentos reais em espécie.

Vale salientar que neguinho foi preso logo após um assalto que aconteceu na farmácia, mais só com os trabalhos de investigação é poderá saber se neguinho da pamonha tem envolvimento com este delito.
Parabéns a toda equipe de policiais do 10º BPM de Assú.

Fonte: Focoelho

Comandante Geral emite nova nota de agradecimento aos PMs

Nota de Agradecimento:

Meus Caros Comandados,

Nessa oportunidade, dirijo-me pela segunda vez a todos os Militares Estaduais integrantes da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, que trabalharam durante o  Turno do Pleito Eleitoral de 2014.

A Polícia Militar foi responsável pela segurança do 2º Turno do Pleito Eleitoral de 2014, participou da escolta e guarda das Urnas Eletrônicas das 69 Zonas Eleitorais do Estado do Rio Grande do Norte, garantiu e esteve presente em todos os municípios do nosso Estado, executando o policiamento ostensivo em todos os logradouros públicos do nosso território.

Parabenizo todos os Oficiais que exerceram o Comando e Controle de seus Efetivos e as Praças que trabalharam de forma impecável para que lográssemos êxito nessa missão singular de garantir a lei e a ordem durante o pleito eleitoral.

Louvo e agradeço penhoradamente o esforço de cada Militar Estadual, homem ou mulher, que nas horas de folga se apresentou para o trabalho, renunciando ao lazer e ao convívio familiar, sempre pensando no bem comum, na necessidade imperiosa do serviço e no compromisso assumido com a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte.

Agradeço a todas as autoridades constituídas do nosso Estado, que acreditaram e depositaram confiança em nossa Instituição, para cumprir a nobre tarefa de garantir a ordem pública e a incolumidade das pessoas durante o  Turno do Pleito Eleitoral de 2014 e as comemorações dos candidatos vitoriosos aos cargos de Presidenta da República e de Governador do Estado, no território potiguar.

Aproveito a oportunidade para conclamar a todos os bravos e valorosos integrantes da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte a continuarem trabalhando com o mesmo desprendimento nas novas missões que nossa Instituição continuará a receber.

Finalizando, agradeço a Deus, todo poderoso, criador do céu e da terra, que nos deu força para enfrentar tal desafio, iluminou e guiou todos os nossos passos nessa jornada vitoriosa.

Quartel do Comando Geral, em Natal, RN, 26 de outubro de 2014.

Francisco Canindé de Araújo Silva – Coronel PM
Comandante Geral”

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

10º BPM RECEBE ARMAMENTOS E MUNIÇÕES DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO






Na manhã de hoje (20/10/2014), o Comandante Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Coronel Francisco Canindé de Araújo esteve presente na sede do 10º BPM da cidade de Assú, para realizar a entrega de diversos materiais de menor poder ofensivo, tais como: munição de elastômero (borracha), granadas de efeito moral e lacrimogênea, espagedores e as novas pistolas taser. Estiveram também o Comandante do Policiamento do Interior o Cmd do 10ª BPM e o Chefe do Material Bélico da PMRN, que trabalhou alguns anos em Assú.

Com a chegada do material, os Policiais Militares passarão a ter uma maior eficiência em controle de distúrbios nas ruas e em locais como presídios e centros de detenção provisórios, diminuindo as chances de óbitos em ambos os lados envolvidos. 

Vários Militares do 10º BPM já possuem experiência com o novo material, pois atuaram diretamente nos grandes protestos de 2013 durante a Copa das Confederações pela Força Nacional de Segurança Pública em diversos estados do Brasil e repassarão o conhecimento aos demais Policiais.

Servidora do TJRN agradece em Boletim a policiais e os denominam de “eternos anjos da guarda”

Uma servidora do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte emitiu uma nota de agradecimento para ser publicada em Boletim Geral da Polícia Militar do RN agradecendo um socorro feito por policiais militares no dia 7 de outubro.
Seria mais um agradecimento caso a cidadã, mesmo sem saber os nomes de seus socorristas, fez questão de emitir a nota e qualificá-los como “eternos anjos da guarda”.
De acordo com a nota de Lúcia Helena, servidora do TJRN, a mesma sofreu uma reação alérgica ao ingerir uma medicação, tentando deslocar-se do bairro Satélite até um hospital nas proximidades do Arena das Dunas, aproximadamente uns 5 km. Contudo, devido ao trânsito e com sintomas de um possível edema de glote, Lúcia Helena se deparou com uma viatura. “Vi uma viatura passando por mim, com certeza enviada por Deus”, diz a servidora em sua nota de agradecimento.
“Foi tudo mágico. Entrei na viatura. Eles ligaram a sirene e seguiram rapidamente, ultrapassando carros, cortando sinais com prudência e me entregaram nas mãos do maqueiro”, declara Lúcia Helena.
Apesar do atendimento rápido, a cidadã não pôde gravar os nomes dos policiais que a socorreram e que provavelmente evitaram um desfecho trágico. “Não tive como agradecer a estes dois policiais, meus eternos anjos da guarda”, disse. “Por esta razão, solicito, dentro da medida do possível, que esta mensagem seja lida ou registrada em Boletim, para que estes dois anônimos policiais se identifiquem com o caso e saibam o quanto eles foram importantes na minha vida”, completa.
Infelizmente, gestos como esses da cidadã e servidora Lúcia Helena são poucos que reconhecem a nobreza da profissão policial militar e que muitas ações dignas de nota não figuram em boletins nem tampouco na imprensa. Policiais são, assim, heróis anônimos, que salvam vidas todos os dias, mas, ao contrário dos Super Heróis da TV, não possuem uma platéia a cada salvamento.

domingo, 12 de outubro de 2014

UM DOS BANDIDOS MORTOS EM ITAJÁ ERA FORAGIDO DA JUSTIÇA POR ROUBOS E TRÁFICO DE DROGAS

Ex foragido

O segundo marginal morto durante o confronto na madrugada de hoje em Itajá-RN já foi identificado, trata-se de ROSEMIRO ALVES DE OLIVEIRA JÚNIOR, natural da cidade de Mossoró. Contra o acusado pesava acusações de tráfico de drogas e assaltos, inclusive um na própria cidade de Itajá.

ROSEMIRO foi morto ao tentar juntamente com mais dois comparsas, contra a vida de dois Policiais Militares do Destacamento de Itajá. Só não contava com a reação imediata de um dos PMs, que o acertou e teve morte instantânea.

A Polícia Militar trabalha para identificar o restante do bando e já tem informações que tudo pode ter sido tramado por um traficante da cidade, que encontra-se preso em uma ação conjunta da Polícia Civil de Assú e do 10º BPM.

O outro marginal morto também já foi identificado no local da ocorrência.

GTO DO 10º BPM PRENDE DUPLA ACUSADA DE TRÁFICO DE DROGAS EM ASSÚ

10687038_968605343156245_91204496921507728_nDarlison e Rafael são acusados de tráfico de drogas. 
Na noite deste sábado (11), Policiais Militares prenderam dois homens acusados de tráfico de drogas, no bairro Frutilandia, em Assú. Identificados apenas como Darlison e Rafael, a dupla estava com pedras de crack, maconha e dinheiro.
10730964_968605056489607_6895008968256299853_nO material que estava com a dupla. 
A dupla estava em uma moto quando foram abordadas. Darlison já tem passagens pela polícia.
Fonte: Jarbas Rocha

EM TEMPO: Enquanto a equipe do GTO (Grupo Tático Operacional) de Assú teve que se deslocar 80km para a realização do flagrante na DP Regional de Mossoró, - onde ficou parte da madrugada - devido a falta de uma DRP em Assú e região, bandidos quase mataram dois Policiais Militares. Graças a perícia e disposição dos PMs quem morreram foram os marginais. Hoje quem necessitou de apoio foi a PM, amanhã poderá ser um cidadão que esteja em risco e as viaturas de Assú estejam em Mossoró. Está na hora de rever isso e cobrar das autoridades uma Delegacia Regional 24h em Assú