sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

GTO do 10º BPM prendeu último integrante do bando que confrontou com a equipe da Força Tática no Sítio Trapiá em Assú

Leilson Nogueira (acusado)

GTO Assú



Policiais Militares do GTO (Grupo Tático Operacional) do 10º BPM, prenderam na tarde de hoje (13/12), LEILSON NOGUEIRA DE SOUZA de 29 anos de idade, morador do Sítio Trapiá. 

De acordo com os Militares, uma informação anônima levou os PMs até a casa do pai do suspeito, ele estava dentro de um quarto atrás da porta e não reagiu a abordagem. LEILSON é acusado de ter feito uma família refém na Comunidade de Janduís, zona rural de Assú e ter realizado um arrastão na comunidade. 

Local do disparo no braço

Durante a fuga, eles iriam assaltar um veículo na estrada, porém não contava que esse veículo seria da Força Tática do 10º BPM e um deles levou a pior, sendo morto após o confronto. LEILSON apesar de ter sido atingido no braço (foto) conseguiu fugir e hoje foi localizado pela equipe do GTO, sendo conduzido à DP de Assú, onde foi ouvido e liberado, devido as nossas leis beneficiar quem não é pego em flagrante. 

Agora a Justiça irá decidir se ele será preso ou responderá em liberdade pelos crimes.

2 comentários:

  1. GM. Marcos -São Miguel/RN27 de dezembro de 2013 10:03

    Quer dizer que esse elemento foi ouvido e liberado? Isso é uma vergonha mesmo viu, isso é um absurdo, como é que um policial vai querer trabalhar desse jeito.

    ResponderExcluir
  2. A policia prende e a justica solta,eh brasil esculambado

    ResponderExcluir